• Carol

Brotas de moto

Quem não ama aquelas escapadas de final de semana não é mesmo? Eu me sinto completamente renovada!

Infelizmente ficamos só dois dias e meio, porém se você tem tempo e dinheiro, o melhor é ficar uns 5 dias e conseguir dividir o tempo entre as cachoeiras, o relaxamento e os esportes de aventura.

Na estrada

Brotas fica a cerca de 260 quilômetros da Capital de São Paulo e levando em consideração duas paradas bem rápidas que fizemos para esticarmos as pernas levamos cerca de 2 horas para chegar.


Na estrada com esse pôr de sol

Fomos pela Rodovia dos Bandeiras (SP-348) e depois chegamos em Brotas pela Rodovia Washington Luiz (BR-310). Ambas estradas são excelentes, o volume alto de caminhões as vezes atrapalha um pouco, mas nada que chegue a incomodar. Na Rodovia dos Bandeirantes moto não paga pedágio então já foi um custo a menos. Na segunda o custo foi: Ida: R$ 3,50 e volta R$ 7,60 (dois pedágios – 1 de R$ 3,50 e R$ 4,10). De acordo com o Waze, para mesmo trajeto de carro, o pedágio fica R$ 40,80 cada perna. Em relação ao combustível tivemos que abastecer duas vezes, uma vez na saída de São Paulo e outra no retorno de Brotas (tanque de autonomia de 17 litros). Vimos MUITAS motos na estrada e principalmente na cidade, ficou claro que Brotas é um ponto de encontro em alta para a categoria, principalmente para bate e volta do pessoal das cidades ao redor. Hospedagem Bem gente, para nós é sempre experiência e nunca luxo. A cidade conta com algumas pousadas na rua principal que são mais sofisticadas, porém nós experimentamos as duas opções mais simples e baratas do booking e honestamente adoramos ambas. Pousada Bicho do Mato

Essa é uma pousadinha que faz justo a expressão “good vibe”, é uma casa que conta com 3 quartos privativos: – 1 quarto de casal com ar condicionado e banheiro compartilhado (esse que nos hospedamos) – 1 quarto família com capacidade para 5 pessoas (1 cama de casal e 3 camas de solteiro) – E por último um quarto de casal sem ar condicionado porém com banheiro privativo Nós pagamos R$ 180,00 neste quarto e a pousada não tem café da manhã, porém tem um espaço comum que você pode compartilhar um cafezinho fresco que o Fernando está sempre disposto a oferecer. Aproveitando a introdução, ele é um cara que faz a diferença no lugar, nos deixando super a vontade e contando suas histórias. Além disso, também é guia turístico e uma opção mais barata do que os passeios mais famosos. A pousada fica literalmente na frente do barzinho que pelo que vimos é o mais badalado da cidade, então para mim o ponto negativo é o barulho a noite.

Porta do nosso quarto na pousada

Na nossa segunda noite, ficamos no Brotas Hostel, que é a paz em forma de lugar. Assim como a primeira pousada, é um casa, porém muito maior, tem uma cozinha bem grande e totalmente equipada que utilizamos para fazer a janta, redes para descanso, varal, uma piscina muito legal e além disso a família mora em uma segunda casa que tem na propriedade.

Fachada do Hostel (Fonte: Booking)

Coincidentemente, a pousada também tem três quartos que segue o mesmo esquema: 1 quarto família compartilhado e dois quartos de casal com um banheiro compartilhado. O hostel é tem um visual mais profissional e tem dois grandes diferenciais: a limpeza impecável e o Carrapicho, que é a coisa mais fofa desse mundo:


Carrapicho - Maior propaganda do hostel (Fonte: Booking)

São estilo de hospedagens diferentes, valeu muito a pena ficar na bicho de pé para fazer os passeios mais em conta e conhecer gente, se você estiver viajando sozinho recomendaria essa primeira. A segunda é perfeita para um descanso e esvaziar a mente, a limpeza também é um diferencial, então seria a minha opção para uma segunda visita. Único ponto negativo é que é um pouco mais distante da rua principal do centrinho e para ir a pé pode ficar um pouco mais cansativo. O que fazer em Brotas? Brotas é uma cidade conhecida pelo ecoturismo e tem muitos lugares incríveis para conhecer, podemos resumir entre cachoeiras, passeios radicais e cantinhos de paz para passar o tempo e relaxar. Passeios radicais Nós não tínhamos a intenção de gastar muito e optamos por conhecer as cachoeiras e explorar a cidade, mas para quem busca aventuras, o rafting é um dos mais famosos do Brasil, além disso pode experimentar também a tirolesa, canionismo, boia cross ou alugar um quadriciclo. Pontos Turísticos Os mais famosos são: 1-) Areia que canta: Queríamos muito ter conhecido, porém por conta da pandemia estava fechado para turistas que não estavam hospedados no próprio hotel deles. 2-) Cachoeiras privadas: Recanto das cachoeiras, ecoparque Cassorova e cachoeira três quedas. As 3 cachoeiras são famosas e parecem ser lindas, porém a média de entrada é de R$ 90,00 a R$ 130,00 por pessoa, o que achamos extremamente salgado, por isso resolvemos fazer os passeios com o Fernando da pousada Bicho do mato que nos cobrou R$ 30,00 por pessoa para nos levar para conhecer algumas cachoeiras que não são pagas, mas que sem ajudar dos locais é impossível de chegar. Cachoeira Santa Maria A estrada de terra para chegar é uma aventura principalmente para quem está de moto, porém também é uma atração:

Estrada para cachoeira Santa Maria

Temos duas quedas d’água e é um lugar que você pode passar bastante tempo pois tem pedras e espaço para nadar. Eu amei essa cachoeira e sem dúvida recomendo a visita.

Cachoeira Santa Maria - Brotas
Caminho da primeira queda

Cachoeira Santa Maria - Brotas
Segunda queda - Ideal para banho e relaxar

Cachoeira Campinho

É impressionante como tão perto da estrada e mesmo assim sem um guia não é fácil de saber da sua existência. É uma cachoeira imponente e linda, mas não dá pra ficar muito tempo pois não tem lugar para banho, de qualquer forma se conseguir vale a pena a visita.

Cachoeira Campinho Brotas
Cachoeira do Campinho

O parque do salto é a atração mais acessível da cidade, além de não ter nenhum custo, ela fica no centro e não é necessário nenhum agendamento.


Brotas
Parque do Salto

Com a entrada entre o restaurante Miramar e a secretária de turismo, vale muito a pena explorar todo o parque e para os corajosos mergulhar nas fortes correntezas da cachoeira. Recomendo tentar ir fora dos horários de pico, devido a acessibilidade, o lugar tende a ficar mais lotado do que as outra atrações.

Parque do Salto - Brotas
Parque do Salto

Casa da Cachaça


É aquela típica loja de interior que vende queijo café moído na hora, pimentas, doces… mesmo que não queira comprar nada vale a visita para conhecer a decoração.


Casa da Cachaça

Onde comer? Restaurante Mira Rio Este restaurante é uma delícia, nós aproveitamos para almoçar por lá duas vezes. O prato individual serve duas pessoas se o apetite não for tão grande assim. Somente pedimos uma porção de feijão para complementar. O almoço saiu por R$ 65,00 com bebidas. Além da comida muito boa, o lugar é lindo, fica ao lado do parque dos Saltos e conta com vários pesqueiros, o visual é muito bonito é nós ficamos facilmente umas duas horas lá aproveitando a paz do lugar.

Restaurante Brotas
Restaurante Mira Rio

Brotas Beer Esse é bar / restaurante que fica na frente da Pousada Bicho do mato, o lugar é incrível, tem três ambientes, várias porções e deliciosas, mas o grande diferencial é o chopp.


Brotas Beer

Lá tem produção própria e você pode inclusive marcar a visitação que acontece todo Sábado ao meio dia.

Brotas Beer
Fábrica produção do chopp

Sitio Pantanal

Um lugar que eu adoraria ter ido é o Sitio Pantanal, lá tem campo de Girassol e parece ser muito lindo, é R$ 20,00 por pessoa para entrar no campo e tirar fotos, porém eles tinham colhido na semana anterior, como o pessoal de lá gentilmente me informou pelo whatzapp. Fora isso, o lugar é ótimo para relaxar, curtir a paisagem e e fazer alguns passeios. Aqui o flyer que eles me enviaram:


Flyer do Sitio Pantanal em Brotas

Como podem ver tem muuuuita coisa para fazer por Brotas, é uma cidade deliciosa e compensa muito a visita. Dividimos muitas fotos e videos no nosso instagram @roundabout_br, se quiserem recomendo darem uma olhada por lá! Namaste e até a próxima!


Carol





4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo