• Carol

Alugando moto em Portugal

Em 2019, tivemos a oportunidade de passar uma semana em Portugal, foi nossa segunda ida juntos ao país e a terceira do Gabs. Nós realmente achamos um dos lugares mais incríveis da Europa e por mais que seja pequeno, quanto mais você conhece ou pesquisa a respeito mais vai aumentando sua listinha de lugares pra conhecer por lá.


Nós fizemos essa viagem logo depois que fomos morar juntos, o que também nos permitiu a viajar de classe executiva como explico nesse post aqui.


O Gabriel é louco por motos, então resolvemos aproveitar a oportunidade em que ficaríamos um prazo mais curto viajando para gastar além do costume e nos darmos o luxo de alugar esse motão ai da foto:


Lado bom de Portugal é que você consegue adaptar o seu roteiro de acordo com sua disponibilidade de tempo e dinheiro, a gente tinha só uma semaninha, mas encontramos dois casais baianos aposentados que retiraram as motos no mesmo dia que a gente e iam pilotar por duas semanas até a Suíça.


Decidimos explorar um pouco o norte – região que não conhecíamos – durante esses dias motorizados e após a entrega da moto explorar Lisboa e Cascais que conseguíamos fazer locomoção com transporte público.


O nosso roteiro de moto em Portugal foi:


Lisboa > Serra da Estrela (Manteigas) > Tabuaço > Coimbra > Fátima > Lisboa


Tínhamos pensado em fazer Porto ao invés de Coimbra, porém alguns motivos nos fizeram mudar de ideia:

1-) Porto é uma cidade muito grande e com mais dificuldades de estacionamento, o instinto aranha Brasileiro nos fez pensar que seria melhor não arriscar; 2-) Nosso aluguel foi por diária então tínhamos limite de quilometragem de 300 km/dia, o que pelas nossas contas seria um risco alto em ter que pagar km extra.E por último: 3-) Teríamos que voltar de uma só vez tornando o trajeto mais cansativo e sem possibilidade de aproveitar algumas cidades no caminho.


Acredito que foi uma decisão acertada, pois entregamos a moto com 904 km! E nesses quilômetros posso dizer alguns contrastes para quem está acostumado a pilotar por aqui:

  • Segurança: a sensação de não ficar olhando para os lados no farol é I-N-C-R-Í-V-E-L. Além da segurança de violência urbana, a segurança na estrada é diferenciada, as pessoas mantém uma bela distância, não tem ultrapassagem, buzinas e costura como estamos acostumados por aqui.

  • Pedágios: Todos os veículos tem tag de pedágio, mas eles não ficam claros nas rodovias ou mesmo tem a opção de pagar em dinheiro igual por aqui. Nós na verdade não conseguimos identificar quando estávamos passando por algum ou mesmo os valores, somente descobrimos quando recebemos a fatura da locadora (abaixo detalhes).

  • Motoristas: Pode ser que você encontre pilotos de 16 ou 17 anos em motos de baixa cilindrada, já que a partir dessa idade não tem restrição para moto de 50 cc. Além disso, desde 2009, para motos de até 125 cc a carteira de habilitação de carro já é aceita, não sendo necessário tirar uma especifica de moto.

Custos Vamos colocar essa informações de todos os nossos custos da viagem aqui, mas recomendo entrar no site da MotoXplores para fazer uma simulação, já que os valores mudam de acordo com a moto, opcionais e o tempo de aluguel, o nosso a diária ficou mais alta do que se você alugar por uma semana.


Diária: E$ 120,00 Capacete: E$ 5,00 / dia para o passageiro Combustível: E$ 60,00 Pedágio: E$ 16, 75 Total: E$ 451,75


A Motoxplores foi muito sensacional e nós recomendamos muito, não tivemos nenhum problema, sendo que a moto e os acessórios que alugamos estavam impecáveis. Tem outras empresas que você consegue cotar como Hertz Ride e Rental Motor Bike e mas não podemos opinar pois não utilizamos.


Se vocês quiserem ver mais detalhes, tem destaque lá no Instagram com várias fotos e vídeos! :)




Carol




16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo